Viagem

8 coisas para fazer em Shanghai

A cidade mais cosmopolita da China tem inúmeras opções

moda sem blablabla blog moda bea de luca china shanghai dicas o que fazer viagem turismo

Foto: Moda Sem Blablablá. Old Town Shanghai.

Tenho paixão por Shanghai. Já estive duas vezes lá, em longas viagens (não só no avião, mas também em terra firme) para visitar feiras e fornecedores de tecidos. Os chineses são muito diferentes da gente, fisicamente e nos costumes. Então tudo fica mais interessante se você gosta de aprender novas culturas, como eu. Fiz uma listinha de oito coisas para fazer em Shanghai que acho que valem muito a pena.

Ah! Só deixa eu sugerir uma coisinha antes. Quando sair para passear, leve no celular uma foto do lugar que você quer ir e o nome do local escrito em chinês. Se você precisar pedir direções para um chinês no meio da rua, fica mais simples de se comunicar. Boa sorte!

1- Visitar o Bund

É clichê mas é essencial.Os chineses amam o rio Huangpu. Ele é o centro de toda a economia dessa região da China porque é um rio muuuito extenso, profundo e possibilita a navegação de grandes embarcações. Por isso é tão importante.

A vista do Bund é tão fantástica que acho que deve ser apreciada de dia e de noite. Ou você vai no final da tarde e espera anoitecer, ou vai duas vezes como eu já fiz. Provavelmente seu hotel estará relativamente próximo do Bund (o meu era 20 minutos a pé) e como a China é mega segura para se caminhar, dar uma voltinha andando de dia e à noite valem o esforço.

moda sem blablabla fotos china viagem shanghai xangai flashiong blog dicas de shanghai o que fazer bea de luca criciuma

Foto: Moda Sem Blablablá. Vista do Bund de dia.

É clichê mas é essencial.Os chineses amam o rio Huangpu. Ele é o centro de toda a economia dessa região da China porque é um rio muuuito extento, profundo e possibilita a navegação de grandes embarcações. Por isso é tão importante.  A vista do Bund é tão fantástica que acho que deve ser vista de dia e de noite. Ou você vai no final da tarde e espera anoitecer, ou vai duas vezes como eu já fiz. Provavelmente seu hotel estará relativamente próximo do Bund (o meu era 20 minutos a pé) e como a China é mega segura para se caminhar, dar uma voltinha andando de dia e à noite valem o esforço. 

Foto: Moda Sem Blablablá. Vista do Bund à noite.

 

2- Shanghai Urban Planning Exhibition Hall

Este é um lugar fantátisco. Um museu na People’s Square que conta a história de Shanghai. Eu descobri esse museu andando por lá e me interessando pelo banner que estava pendurado na frente. Não vi em muitos roteiros sobre a cidade. Mas altamente recomendo a visita. Não é um museu como você está acostumado. Tem recursos tecnológicos que deixam a visita bem interessante. Incluindo uma maquete gigaaaaaaaante (sério, enorme mesmo, muito impressionante) da cidade de Shanghai. Dá para entender direitinho onde a gente passeia, onde está o hotel, o rio, as atrações. É simplesmente demais!

Em outra ala do museu, imagens e vídeos mostram a evolução desta região em apenas 20 anos. Mal havia estradas e, de repente, boom! Surge essa cidade surpreendente. Também tem um vídeo 360º, logo depois da maquete, que faz você se sentir flutuando por Shanghai. Simplesmente fantástico. Tudo nesse lugar vale a pena. Reserve umas 2 ou 3 horas para ficar aí dentro. Até as crianças vão curtir.

moda sem blablabla blog moda bea de luca china shanghai dicas o que fazer viagem turismo

Foto: Reprodução. A maquete gigante do Urban Planning Hall.

 

3- Yu Yuan Garden

moda sem blablabla fashion blog bea de luca criciuma china shanghai xangai dicas yu yuan garden bund pudong xintiandi dicas o que fazer

Foto: Moda Sem Blablablá. Eu cansada de fotos rsrsrs no Yu Yuan Garden.

Passeio clássico e delicioso mas bem turistão. Lotado de gente. Na minha primeira vez em Shanghai, não fui no Yu Yuan Garden. E na segunda percebi o que estava perdendo por não ter ido. É lindo, com construções bem típicas chinesas e cheio de lojinhas que já contei neste post. Abstraia a sua fobia de lugares lotados de turistas e vá lá. Aliás, se você tem problemas com lugares cheios de gente, nem vá à China rsrs. Lugar errado mesmo!

4- Nanjing Road

moda sem blablabla blog moda bea de luca china shanghai dicas o que fazer viagem turismo

Foto: Reprodução. Nanjing Road lotada.

Sabe quando a gente aprendia no colégio sobre as cidades mais “populosas” do mundo. A Nanjing Road mostra isso na prática. É uma rua fechada para carros. O tráfego aqui é de pessoas. Uma multidão caminha na Nanjing constantemente. Das 7 a 1h da manhã a rua não descansa. Gente, gente e mais gente. Aqui tem muitas lojas, bastante restaurante tipo fast food, etc. Um centrão mesmo. Mas vale para ter essa sensação clara de onde estamos, na segunda cidade mais populosa do mundo.

5- Jing’an Temple

moda sem blablabla fashion blog bea de luca criciuma china shanghai xangai dicas yu yuan garden bund pudong xintiandi dicas o que fazer

Foto: Moda Sem Blablablá. Eu no Jin’an Temple.

Acho que não tem como ir a Shanghai e não ver um templo budista. O Jing’an é aberto aos turistas, mas é um templo usado pelos chineses para oração de verdade. Em meio aos olhares curiosos dos estrangeiros, se vê muita gente fazendo ofertas e manifestando suas crenças. Ah! E você vai perceber um povo tentando acertar uma moedinha num caldeirão gigante que fica no centro do templo bem no alto (esse no fundo da foto). Isso é para que um desejo se realize ;).

6- Xintiandi

moda sem blablabla blog moda bea de luca china shanghai dicas o que fazer viagem turismo

Foto: Reprodução. Xintiandi.

Minha dica é deixar para visitar Xintiandi mais para o final da viagem. É quando você vai estar meio cansado de tanto chinês hahaha. Xintiandi fica na French Concession, uma parte da cidade que foi entregue aos franceses quando a cidade começou a ser povoada. Então, aqui, as construções são europeias, tem restaurantes bem ocidentais, tudo é mais familiar. Vale a visita porque é charmoso e uma delícia.

7- Massagem

Essa história de fazer massagem tem muitos mitos. Mas eu fiz e adorei. Foi num local bem sério, limpo e seguro. Digo isso, porque a cidade é cheia de portinhas com a palavra “massage” na frente. Algumas têm mulheres super produzidas com muita maquiagem, saltos enormes e confesso que estas me deixaram desconfiadas. Mas olhando com atenção, você percebe outros locais que tem uma recepção mais adequada, pessoas vestidas com quimonos brancos, já dá uma sensação melhor.

moda sem blablabla blog moda bea de luca china shanghai dicas o que fazer viagem turismo

Foto: Moda Sem Blablablá. Eu e mamis.

Meu objetivo era experimentar uma verdadeira massagem chinesa. E consegui! Antes de tudo, entrei no local, pedi para ver as instalações e, como sempre na China, negociei o valor. Eu e minha mãe ficamos na mesma sala (optamos assim). Ela fez no corpo todo e eu apenas nos pés (mas ganhei também nos ombros). É simplesmente demais. Nunca tinha feito uma massagem tão relaxante e revigorante. Vale fazer no meio da viagem quando se está muito cansado. Recarrega as energias.

8- Passear por Pudong

Pudong é a região que você vê do Bund. Onde estão os arranha-céus e o centro financeiro da cidade. É a parte mais modernosa. Passear por ali é muito legal porque é mais tranquilo (= menos gente). Nessa região, a bateria da câmera ou do celular precisa estar em dia porque é aquele passeio para fotos. É em Pudong que a gente vê a Pearl Tower, o World Financial Center e a Shanghai Tower (a maior).

moda sem blablabla fashion blog bea de luca criciuma china shanghai xangai dicas yu yuan garden bund pudong xintiandi dicas o que fazer

Foto: Moda Sem Blablablá. Shanghai Tower.

Em todos os prédios citados você pode ir até o último andar e ter uma visão panorâmica da cidade. Confesso que não subi porque tenho um pouco de aflição dessas coisas. Então, se não me obrigarem a ir (rsrs), não vou! Mas recomendo a Shanghai Tower porque a arquitetura desse edifício é bastante incomum. Primeiro porque ele é meio que torcido, espiralado. Depois, porque o interior remete à tradição chinesa de ter espaços comunitários de convivência. Então, em alguns andares desse prédio tem uma área que simula um ambiente externo. Sinceramente, difícil de explicar. Só nas fotos e vendo ao vivo mesmo!

china moda sem blablabla

Foto: Reprodução. Área de convivência Shanghai Tower.

Outro ponto bem legal de ver aqui em Pudong é a vista contrária que se tem do Bund. Logo atrás do Super Brand Mall tem um passeio onde se tem essa vista linda que está na foto abaixo.

moda sem blablabla fashion blog bea de luca criciuma china shanghai xangai dicas yu yuan garden bund pudong xintiandi dicas o que fazer

Foto: Moda Sem Blablablá. Huangpu River em Pudong.

Previous Post Next Post

You Might Also Like