Viagem

Compras em Shanghai – China

Ou: comprar na China não é o que se espera

Moda Sem Blablablá - Shanghai

Vista Huangpu River – Shanghai. Foto: Moda Sem Blablablá.

É verdade. A China realmente é uma potência sem comparações em termos de produção industrial. Já visitei feiras e fábricas para comprar tecidos (acompanhada do pessoal da UNQ Import Export) e conheço de perto a eficiência da turminha de olhos puxados. Mas, para a brasileirada que adora uma compra, sinto informar. Os bons negócios a preços competitivos se limitam às grandes quantidades para quem trabalha diretamente com a indústria. No comércio local – de Shanghai posso falar com bastante conhecimento – é diferente. E o consumidor chinês sofre como qualquer outro do mundo: paga altas taxas e impostos.

Como consequência, a turistada que vai pra lá feliz da vida esperando preços a la Aliexpress, se decepciona. E muito! Mas porque vai com a ideia errada. Por isso, se você está com viagem planejada, crie um bode na sala, mas não a expectativa de que vai chegar lá e encontrar tudo por uma pechincha, ok? Partindo deste princípio, a viagem fica bem mais bacana e as compras também. Porque tem bastante coisa legal lá, sim. E coisas que só tem lá. Então, atenha-se a elas e não fique com aquele pensamento sem graça de que vai passear no outlet em Miami.

Depois de duas longas viagens a Shanghai, aqui vão algumas dicas de compras que considero bacanas:

NANJING ROAD

moda sem blablabla blog moda bea de luca china shanghai dicas o que fazer viagem turismo

Foto: Reprodução.

A Nanjing Road é uma rua movimentadíssima de Shanghai que tem lojas e mais lojas de todos os tipos. É tipo uma 5a Avenida. Vai de H&M a Apple, Nike, lojas de departamentos, etc. Sempre tem uma coisinha ou outra que vale a pena. E tem uma Forever XXI grandona no final (em direção ao Bund) que garante aquele achado fashion a preços interessantes.

MINISO

MINISO – tem por tudo! Fotos: reprodução.

Essa é uma rede japonesa. Na verdade, a origem é japonesa, mas é made em vários lugares do mundo. Em Shanghai, a MINISO tá por tudo. Dentro de estação de metrô, na própria Nanjing Road, em shoppings, etc. Se encontrar esse nomezinho, dá uma fuçada lá dentro. É o lugar ideal para comprar lembrancinhas. Tem muita coisa! Muita mesmo. Comprei necessaire, creme de mão, pinceis, maquiagens diferentes (tinha uma linha da Hello Kitty super fofa), presentes para crianças, e mais uma infinidade de coisas. Aqui o preço é bom mesmo. Poucos RMB fazem uma festa!

Yuyuan Garden Market

O Yuyuan Garden é um lugar obrigatório para se visitar em Shanghai. Além de lindo, tem lugares legais para comer e uma galeria com várias lojinhas bacanas. Tem desde lojas de souvenir tradicionais até outras que só vendem porcelanas, ou só leques, ou só quadros e gravuras. Um dos meus lugares favoritos na bela metrópole chinesa.

Bancas de óculos dos shoppings

Dica um pouco genérica mas quando se está lá, faz sentido. Há vários shoppings fechados na China. Só na Nanjing Road deve ter uns seis. Na verdade, eles servem mais para aproveitar bem o espaço do que para ser um shopping do tipo que temos aqui. São centros comerciais bem funcionais mesmo. E, em todos eles, tem esses quiosques que vendem óculos de sol e de grau (bem Chilli Beans, sabe?). Eu não conhecia nenhuma marca dessas. Mas os óculos são lindos, super leves, com muita qualidade e preço bem acessível. Dependendo da loja, eles fazem os óculos de grau na horinha. Demais!

(Sei também que existe um tal de Shanghai International Glasses Mall que é bem cotado no Trip Advisor. Mas não fui, então não sei dizer se vale a pena.)

Huaihai Road

Essa é uma rua bem extensa que fica na parte mais europeia de Shanghai, a French Concession. A Huaihai é conhecida como a Champs Elysées chinesa. A rua é bem larga, arborizada e uma delícia de passear. Lembrando que os preços são como os do Brasil. A diferença é que se encontra tudo de todas as marcas, incluindo boutiques grifadas de grandes estilistas. Mesmo que não seja para comprar, o lugar é excelente para ver moda.

Fake Market do Science and Tech Museum

Lojinha de bugigangas – Fake Market Science and Tech Museum – Shanghai, China. Foto: Moda Sem Blablablá.

Bom, não que eu goste de comprar coisas fake. Mas não tem como não falar disso quando o assunto é compras em Shanghai. A essência do fake market é essa mesmo: um lugar para comprar réplicas de artigos das grandes marcas. Mas na prática, vai além. É um camelô subterrâneo gigaaaante, onde se encontra de tudo falsificado, camisetas, bolsas, óculos, relógios, eletrônicos. Mas também tem souvenirs, roupas de seda, pashminas de cashmere, louças, chás e outras coisinhas que não têm marca alguma. São, vamos dizer, genéricas. Eu comprei uns quimonos de seda que eu amo.

O louco desse lugar é que eles negociam tudo. Por exemplo, meu quimono começou em 100 RMB, mas comprei 3 e paguei só 10 RMB cada. A regra é pechinchar sempre! De verdade, sem medo de ser feliz. Se te disserem que custa 100 RMB, ofereça logo 5. Eles vão fazer um baita drama, aí você vira as costas e se mostra desinteressado. E pode crer que o tiozinho vai atrás te buscar pela mão. É algo muito típico de lá. Super divertido (até você cansar da brincadeira e ficar louco para ir embora hahaha). Como experiência cultural, é bem bacana.

Tem mais dicas de compras em Shanghai? Deixa nos comentários que vamos adorar saber.

 

Previous Post Next Post

You Might Also Like